Conto " Orelhas de borboleta" - editora Kalandraka

E para o novo ano, uma novo livro!


Com ilustrações maravilhosas e uma criatividade deliciosa foi o livro escolhido para voar na mala da Zingarela. A mensagem é preciosa para semear nos campos férteis da imaginação de uma criança.



 
- A Mara é orelhuda!
- Mãe, tu achas que eu sou orelhuda?
- Não, filha. Tens é orelhas de borboleta.
- E como são as orelhas de borboleta?
- São orelhas que revoluteiam na cabeça e pintam as coisas feias de mil cores.